"Eu considero Guaraqueçaba um pequeno mundo dentro do mundo"
- Padre Mário Di Maria - (12/07/1974 - entrevista ao Jornal Diário do Paraná)

1 de junho de 2009

Bandeira do Divino Espírito Santo em Guaraqueçaba

por Zé Muniz
SALVE O DIVINO ESPÍRITO SANTO
foto: autoria desconhecida
-
foto: autoria desconhecida
-
Já fazia tempo. Cerca de 80 anos, segundo pesquisa. Fora banido da cidade por um Interventor, que vindo da Bahia, determinou que não mais houvesse na região a Romaria do Divino Espírito Santo.
Este tradicional evento da Cultura Caiçara acontecia nas comunidades de Guaraqueçaba, com as Bandeiras do Divino Espírito Santo e Santíssima Trindade, também a de São José, que saíam de Ilha Rasa, Superagui, Ararapira e Guaraqueçaba.
-
Romaria em Vila Fátima (anos 80 - Mestre Jacaré)
foto: Zig Koch
-
Romaria em Barra de Ararapira (ano 2004 - Mestre André)

foto: Zé Muniz
-
foto: Zé Muniz
-
Romaria em Barra de Ararapira (2008 - Mestre Aorélio)
foto: Toni Gorbi / Projeto Tocadores
-foto: Toni Gorbi / Projeto Tocadores
-
foto: André Magalhães / Projeto Tocadores
-
No ano de 2005, o Diácono Narelví Carlos Malucelli, juntamente com o Pe. Carlos Beltrando – CM, iniciaram na cidade as novenas do Espírito Santo, levando a Bandeira, ainda que sem foliões ou toques, realizando celebrações diariamente por nove dias, alternadas nas casas dos noveneiros e após cada novena a Bandeira seguia em Romaria (procissão) à igreja, onde acontecia a celebração da missa.
-
Pe. José Carlos e Diácono Narelvífoto: Zé Muniz
-
Estas novenas foram novamente realizadas no ano de 2006, pelo Diácono e o novo sacerdote José Carlos Chacorowski - CM, sendo neste ano, enviada na missa, levada pelo primeiro casal de noveneiros, pousando nesta casa, onde é rezada a novena no dia seguinte, antes de seguir para a igreja, onde há a celebração e após esta, seguindo para a casa do segundo noveneiro.
-
Oscar Miranda e Nezinda Calado - casal noveneiros

foto: Zé Muniz
- foto: Zé Muniz
-
Ao final da novena, Festa de Pentecostes, logo após a missa, houve uma procissão nas ruas da cidade com a Bandeira do Divino Espírito Santo.
No ano de 2008, a Bandeira do Espírito Santo foi levada em procissão por algumas ruas da cidade, sendo esperada nas portas da Igreja pelo Pároco, Pe. José Carlos Chacorowski.
ENCONTRO DE BANDEIRAS foto: Zé Muniz
foto: autoria desconhecida
Em julho de 2006, houve em Guaraqueçaba, o Encontro de Fandango e Cultura Caiçara, que trazia em sua programação, na Igreja do Bom Jesus dos Perdões, o encontro de Romarias, com a Bandeira do Espírito Santo e Santíssima Trindade de Paranaguá, com o Mestre Gabriel Martins e a do Espírito Santo de Cananéia com o Mestre André Dias.
No momento do beijamento, se pôs a Bandeira do Espírito Santo de Guaraqueçaba ao centro, ladeadas pela de Paranaguá a direita e a de Cananéia a esquerda e os guaraqueçabanos e demais visitantes participantes do encontro, puderam beijar as três bandeiras e renovar a tão grande devoção, por tanto tempo ali desejada.

No ano de 2008, aconteceu igualmente, o II Encontro de Fandango e Cultura Caiçara, estando novamente as Bandeiras do Espírito Santo e Santíssima Trindade de Paranaguá com o mestre Aorélio e a Bandeira do Espírito Santo de Cananéia com o Mestre André, fazendo suas cantorias na Igreja e seguindo, ao final, para a casa de José Hipólito Muniz, onde as duas fizeram a cantoria de chegada e despedida.
*

 *
FOLIÕES DE GUARAQUEÇABA...
depois de 80 anos
No ano de 2009, cerca de 80 anos depois, no domingo de Pentecostes (31/05/2009), na Igreja do Bom Jesus, a Bandeira do Espírito Sabnto faz a entrada solene, com antoria própria e desta vez, uma equipe de foliões de Guaraqueçaba, composta por: Zé Muniz (Viola/Mestre), Leandro Diéguiz (Rabeca), Guto “Lelo” (Caixa), Everaldo Juninho (Tipe), Lorena (Alferes).
*

fotos: Kléber "Anoto"
*
acompanhe vídeo do YouTube
para saber mais:
* Romaria do Divino a fé que move a tradição. Documentário da Associação Mandicuéra produzido em 2007.
* Divino folia, festa, folia e tradição no litoral do Paraná. produzido pela Olaria Cultural em 2008.
Fonte Bibliográfica:
MUNIZ. José Carlos. Uma Romaria do Espírito Santo. Obra do autor. inédita. Guaraqueçaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado por ler e comentar - divulgue e se proponha a postar - entre em contato...